Leishmaniose Visceral Canina ou Calazar: sintomas e tratamento

Compartilhe

Leishmaniose Visceral Canina ou Calazar: sintomas e tratamento 02 de fevereiro de 2021

A Leishmaniose Visceral Canina é conhecida como Calazar se trata de uma zoonose causada pelo protozoário Leishmania, os cães são considerados os principais reservatórios podendo transmitir para o homem através da infecção do mosquito.

A leishmaniose é potencialmente letal para os humanos e os cães se não for tratada.

É transmitida através da picada de mosquitos conhecido popularmente por mosquito-palha.
A Leishmaniose Canina tem a manifestação clínica muito variável.

Um cão infectado pode desenvolver sintomas ou não e se não tratada corretamente pode evoluir clinicamente até à morte.

Os sintomas variam e podem se apresentar com o aumento de linfonodos, sangramento nasal, anemia, dor nas articulações, diarreia, aumento de fígado e baço, uveíte, emagrecimento, lesão renal, lesões oculares e lesões dermatológicas ocorrem em 80 a 90 % dos casos.

O diagnóstico é feito por exames moleculares de sangue ou medula óssea, sorológicos ou parasitológicos, dependendo de cada paciente.

É uma doença que não tem cura portanto a prevenção deve ser prioridade.

Como forma de prevenção é indicada a vacinação, o uso de repelentes contra mosquitos e o cuidado com o ambiente evitando acúmulo de matéria orgânica já que é nesse ambiente que o mosquito se reproduz.

Na foto, Dra Carol Machado com Zima ( em tratamento para Leishmaniose) e Lieta ( que não tem a doença e já está devidamente vacinada).

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

BARRA DA TIJUCA

(21) 2491-2351

Saiba maissaiba mais da unidade BARRA DA TIJUCA