Meu animalzinho precisou ficar internado, e agora?

Compartilhe

Meu animalzinho precisou ficar internado, e agora? 24 de agosto de 2020

Por Dra. Camilla Mathias L Reis

Quando um cão ou gato precisa ficar internado por algum problema de saúde, nos deparamos com a ansiedade dos seus tutores, pois muitas vezes esses pacientes nunca ficaram longe de casa, mas precisamos sempre lembrar que quando existe a necessidade de internação para um tratamento, o ambiente hospitalar será o único capaz de promover esses recursos e manter esses pacientes em segurança para que se recuperem logo.

Por mais assustador que possa parecer, os pets em geral costumam ficar tranquilos quando estão internados por se tratar de um ambiente controlado, com espaço reduzido e muitas vezes em momentos que estão de fato muito debilitados, onde visamos mais que tudo a pronta recuperação para que o tempo de internação seja o mais breve possível.

Durante o período de internação, uma equipe especializada fica responsável pela monitoração constante desses pacientes, composta por um médico veterinário intensivista e ao menos um enfermeiro, que além de prover os cuidados básicos de medicação, ajuste de fluidoterapia, higiene, alimentação… também buscam fazer o que estiver ao alcance para que o paciente se sinta acolhido e em segurança.

Portanto, se o seu animalzinho ficou doente e precisa de cuidados 24h, busque por um local que vai além da capacitação, que tenha empatia e tranquilidade para que esse período seja menos difícil para todos.

 

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

BARRA DA TIJUCA

(21) 2491-2351

Saiba maissaiba mais da unidade BARRA DA TIJUCA