Vacinar seu cão é um ato de amor

Compartilhe

 Vacinar seu cão é um ato de amor 14 de junho de 2021

As vacinas salvam a vida de milhões de cães em todo o mundo. Antes das vacinas muitos cães morriam de Raiva, Cinomose, Hepatite, Leptospirose, Parvovirose e de complicações decorrentes dessas doenças.

Hoje existem muitas vacinas para o seu cão. Você sabe quais devem ser aplicadas? Começando pela vacina antirrábica: ela previne uma das zoonoses mais fatais, a Raiva. Por isso, é obrigatória no nosso país e deve ser atualizada anualmente, durante toda a vida do seu cão. Já as demais vacinas, são extremamente importantes e devem fazer parte do Protocolo Vacinal. A múltipla canina, ou polivalente, popularmente conhecidas como V8 ou V10, protegem contra as principais doenças infectocontagiosas que afetam os cães, como:

  • Cinomose
  • Parvovirose
  • Coronavirose
  • Hepatite Infecciosa Canina
  • Adenovírus Tipo 2
  • Parainfluenza
  • Leptospirose (zoonose)

Esta vacina é essencial para proteger o seu animal. As vacinas a seguir, são bastante recomendadas, principalmente se seu cão convive com outros animais ou curte um passeio na praia, parque ou até mesmo no quarteirão de casa:

  • Vacina contra a Tosse dos Canis: protege contra a Bordetella bronchisep ca ou Gripe Canina, Parainfluenza e Adenovirus (nas vacinas tópicas).
  • Vacina contra Giardiase Canina, que também pode ser uma zoonose.
  • Vacina Contra a Leishmaniose (zoonose importante).
  • Por que vacinar? As vacinas são melhores formas de prevenção de doenças, tanto em pessoas, quanto em animais. Muitas das quais falamos aqui, são zoonoses, isto é, podem ser transmitidas do seu animal para seres humanos. Então, para deixar o seu animal saudável, a vacinação é ESSENCIAL! E o esquema de vacinação começa desde filhote, sendo necessários reforços anuais das vacinas. Se todos os animais forem vacinados, a doença perde força e cada vez mais, teremos filhotes seguros e adultos saudáveis. Espalhe a ideia! Vacinar é bom!

Benefícios das vacinas
As vacinas proporcionam vida longa, saudável e feliz para os cachorros. Além disso, a vacinação é critério básico para o seu filhote poder visitar parques, ir à pet shops e conviver com outros animais em segurança. As vacinas se tornam ainda mais importantes – e obrigatórias – se você deseja viajar com seus cães.
Vacina em filhotes de cães
As vacinas tem a função de proteger animais e não deixá-los doentes. Por isso é muito importante, a consulta para avaliação do estado geral do filhote, assim garantimos que no momento da vacinação o paciente está saudável e apto para receber a vacina. O esquema de vacinação pode ter início aos 45 dias ou 6 semanas de vida, com doses subsequentes de reforços, escolhidos pelo Médico Veterinário de acordo com o ambiente em que o animal viveu e vive. Nos filhotes de cães podemos distribuir as vacinas da seguinte forma:
Vacinar seu cão é um ato de amor.

 

caes tabela 300x142 -  Vacinar seu cão é um ato de amor
Primeira dose: Com idade de 45 a 60 dias de vida os filhotes, já devem estar vermifugados e saudáveis, e então podem receber a primeira dose da polivalente (V-10).

Reforço anual – Vacinação cães adultos
Depois de um ano da última dose deve-se realizar o reforço anual que consiste em uma dose de cada vacina que recebeu quando filhote, ou seja, se ele recebeu a polivalente V10, a Bordetella, a Giárdia e a antirrábica, repete-se todas vacinas (uma dose de cada) todo ano e por toda a vida do cão. A vacina de Leishmaniose é indicada para cães que vivem em região endêmica (com risco de contrair a doença). Essa vacina segue o mesmo esquema que as outras: três doses quando filhote e depois faz-se o reforço anual.
O Pet Care é um Centro Veterinário completo e 24h pronto para atender seu cão a qualquer momento com excelência e profissionalismo.

NOTA: A Leishmaniose tem se espalhando pelo estado de São Paulo!!! A Leishmaniose não tem cura e é uma doença de alta complexidade!

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

BARRA DA TIJUCA

(21) 2491-2351

Saiba maissaiba mais da unidade BARRA DA TIJUCA